domingo, 14 de outubro de 2012

Chuva



Chove lá fora, chove forte como aparenta nunca antes ter chovido. Chove como se o mundo fosse acabar.
Chove para acabar com a sujeira, com os medos. Chove para limpar, para  levar.
Ela queria que chovesse assim dentro dela, que aquela água levasse tudo de ruim guardado dentro de si, estava cansada de tanto ficar mal com os fatos a sua volta. Estava cansada de ter seus sentimentos feito de brinquedo. Queria sorrir, esquecer, brincar novamente.
Queria enxurrada da chuva, para fazer, como quando era criança, de pular na enxurrada.
Queria que a chuva viesse e lavasse sua alma. Queria fazer chover mais!
Por que não conseguir sufocar todo esse medo? Por que não conseguir sufocar toda essa dor? Por que não conseguir viver sem barreiras!
Ela só quer ser livre, como um tigre em seu território, livre para viver como quer, escondido daqueles que lhe prejudicam. 
Ela quer viver e amar. Quer sorrir e sonhar. 
Está na hora. Chegou o momento de afogar nessa chuva, tudo aquilo que lhe causa mal e ser feliz.
Está na hora de começar a sonhar.


2 comentários:

  1. Eu amei isso!
    Eu amei MUITO isso!

    Eu queria que chovesse assim aqui na minha alma.

    By: Tautau

    ResponderExcluir

Comentários sem ofensas!